segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Capitulo 6


Todo o meu corpo termia violentamente enquanto a minha respiração vacilava aperante o susto, ainda com o meu celular colado ao meu ouvido eu tentava achar uma explicação pausavel á ligação do Senhor Efron mesmo que a pergunta dele tenha sido bem direta sem nem ao menos me comprimentar.

Será que a mãe dele não o tinha lhe ensinado que sempre se deve ser bem educado sempre que se atende a uma ligação?

Os meus olhos correram os rostos dos meus companheiros de mesa vendo que todos ali encaravam o meu rosto completamente confusos e preocupados. Concerteza a minha feição não devia ser das melhores para todos me olharem daquela maneira.

Balancei negativamente a minha cabeça na direção deles para que eles não se preocupassem e logo tratei de me levantar da mesa pegando somente na minha bolsa saindo do refeitório em direção aos jardins da escola onde eu podesse ter essa conversa em paz sem ninguém ouvindo caso eu me exaltasse.

- Como conseguiu o meu numero senhor Efron? – Perguntei assim que me vi fora de alcanse dos alunos curiosos que ali haviam.

As minhas mãos suavam devido ao meu nervosismo e ansiedade enquanto eu andava de um lado para o outro em frente á frontosa arvore onde eu estava estratégicamente escondida dos olhares curiosos. O meu coração batia descompassado devido á supresa da sua chamada e ao mesmo tempo pela curosidade sobre a resposta á minha pergunta recém feita.

- Sou sócio do seu pai e digamos que ele não ficou lá muito feliz quando viu as suas fotos num site de fofoca onde fala que voce participou numa racha publica esta manhã. – Assim que a sua resposta foi proferida e escutada pelo meu ouvido e processada pelo cerebro todo o meu corpo paralisou fazendo assim a culpa e o remorso se apoderar de mim.

Meu deus o meu pai sabia! Mas espera isso não responde á minha pergunta!

- Isso não responde á minha pergunta Senhor Efron. – Minha voz parecia estar baixa e entrecortada quase ofegante demostrando todo o meu nervosismo perante a informação recém adquirida. Merda o meu pai sabia da racha assim como toda a midia!

- Seu pai me deu o seu numero para lhe informar que hoje quando ele chegar em casa te quer em seu escritório juntamente com a chave do seu carro que está neste momento a caminho de casa transportado pelo motorista do seu pai. – Fechei fortemente os meus olhos controlando as minhas lágrimas enquanto sentia o meu coração se afundar em culpa enquanto ouvia as palavras sérias e cheias de raiva contida proferidas pela voz do senhor Efron.

Sem mais forças para segurar o peso das minhas pernas caminhei até a um banco que havia ali debaixo da frontosa árvore colocando uma mão em minha testa começando a sentir a dor da culpa se alastrar por toda ela fazendo minha cabeça doer.

- Ele está muito desepecionado comigo? – Sussurei a pergunta sentindo minha garaganta se fechar devido ao bolo de lágrimas que se havia formando em meus olhos prestes a serem derramadas.

Ouvi um suspiro baixo e cansado vindo do outro lado da linha enquanto sentia todo o meu corpo se retezar esperando pela a resposta á minha pergunta. Eu sabia no fundo do meu ser que o Senhor Efron estavam tão chateado e desepcionado comigo quanto o meu pai o que fez as lágrimas presas em meus olhos serem derramadas pelo meu rosto.

Meu deus o que tinha dado em mim para fazer uma coisa daquelas com eles? O que será que os acionistas do meu pai estaram pensando da futura presidente deles? Oh meu deus!

- Vanessa eu não sei o que deu em você para fazer uma racha em plena luz do dia após ter saido de casa. – Sem que eu desse conta um soluço baixo saiu por entre os meus lábios após ouvir a pequena reprimenda vinda dele.

Como explicar a ele que nem eu sabia o que tinha dado em mim para fazer uma coisa daquelas? Adrenalina? Vontade de exprimentar algo novo? Ser rebelde pelo menos uma vez na vida? Chamar atenção dele para mim?

- Eu não sei direito o porque de eu ter feito aquela racha em plena luz do dia quando vi eu já estava dirigindo a alta velocidade pela avenida fazendo curvas apertadas, desviando de carros ligueiros que ali estavam e ultrapassando o carro deles sem me importar se eles iam bater ou não! – Respondia sentindo toda a minha garaganta se fechar ainda mais devido ás novas lágrimas que ameaçavam cair a qualquer momento.

Novamente ouvi um suspiro vindo do outro lado do celular fazendo uma nova enchurrada de lágrimas serem derramadas pelos os meus olhos juntamente com um soluço sofrido sair por entre os meus lábios.

- Onde você está Vanessa? – Ele perguntou passado algum tempo me deixando certamente acalmar um pouco mesmo que as lágrimas e os soluços baixos saiam de mim enquanto eu mantinha o celular colado ao meu ouvido atenta a tudo o que ele fazia do outro lado da linha.

- No jardim atrás da escola porque? – Respondi á sua pergunta sentindo todo o meu corpo termer de ansiedade e espectativa. Meu deus será que ele vem aqui?

- Estou ai em três minutos esteja pronta para irmos embora vamos falar sobre isso frente a frente sem um celular entre nós. Eu vou pedir ao seu pai para que ele ligue para a diretora te liberando das ultimas três aulas. – Ele comunicou e logo depois de um até já apressado a linha ficou muda fazendo meu corpo estremecer.

Já completamente desperta da surpresa causada pelo comunicado dele, pulei rapidamente do banco em que eu estava sentada pegando em minha mala que estava jogada no chão e corri mais depressa que eu consegui com esse salto para o banheiro mais proximo de mim.

Assim que entrei dentro do banheiro me olhei ao espelho me assustando com o estado da minha maquilhagem, rosto e olhos. Meu rimel estava completamente espalhado pelas minhas bochechas deixando um rasto negro, meu rosto estava enchado e vermelho pelo recente choro assim como meus olhos.

Eu estou parecendo o Chuck em versão femenina com o rosto desse geito!

Bufei alto e joguei rapidamente sobre a pia a minha maquilhagem de emergência para poder dar um trato na minha cara de choro recente que concerteza faria toda a escola comentarem assim que eu passasse por eles em direção á saida.

Joguei água no rosto retirando todos os vestigios de maquilhagem espalhada pelas minhas bochechas, pentei meus cabelos retirando os nós que haviam se formado após a minha corrida até aqui e refiz a minha maquilhagem disfarçando minhas bochechas vermelhas do choro.

Assim que terminei de me reconstruir sorri olhando o resultado final, os meus olhos ainda estavam vermelhos por causa do choro mas as minhas bochechas já tinham voltado á sua cor original mesmo ainda estando levemente enchado. A maquilhagem disfarçava bem o leve enchaço me deixando o mais natural possivel.

Completamente satisfeita com o resultado final, tratei de arrumar todos os meus pretences dentro da minha maleta de primeiros socorros femeninos onde eu guardava desde um absorvente até a um lapis de olho. Dando uma ultima olhada no espelho arrumei a minha saia respirando fundo tentando parecer normal perante ele mesmo estando com os nervosos á flor da pele.

Meu deus eu vou sair com ele!

Sorri ainda mais com esse pensamento e sai caminhando apressadamente por entre os alunos apinhados nos corredores da escola esperando pelo toque de entrada para mais uma tarde de aulas exautiva.

Assim que me vi na entrada do parque de estaciomento do colégio olhei em volta tentando achar a figura alta e poderosa do senhor Efron para podermos seguir o nosso caminho. Solte um suspiro resignado quando não vi em parte alguma cruzando os braços completamente emburrada pela a demora do sujeito.

Onde ele se meteu afinal?

Foi desperta dos meus pensamentos recém adquiridos com o barrulho de um carro entrar a alta velocidade pelos portões duplos deixando todos os presente chocados e confusos com o Audi A4 completamente desconhecido estacionando numa das vagas ali fazendo todo o mundo prender a respiração esperando pelo momento em que o motorista do carro saisse do conforto do carro e se revelar.

************************************************************
Olá meninas!!!
Aqui temos mais um capitulo de The Sexy Girl!
A partir de hoje (esta semana) os capitulos teram dia certo para serem postados.
The Sexy Girl será postado todas as segundas feiras juntamente com Conhecendo meu Idolo (ficnova)
As terças termos Love of my life time + My Dear Nanny
Quartas feiras Another Time + The Power of Love
Quintas feiras Criminal Love + New Chance
Sextas feiras Dancing For Love + Love and Kill
Sabados My best friend in my bed!

Domingos é o meu descanso u.u
Bom ja devidamente informadas da agenda me despeço aqui!
Espero que gostem do capitulo e comentem porque nao cai seus dedos e alimenta meu ego ;3
Sem comentario nao á post sem post fica a curiosidade kkkkkkkk
Beijos ate ao proximo cap !
XOXO

11 comentários:

  1. Amei e ainda bem que você fez um calendário para as fanfics kkkkk
    Amei o cp , o zac deve ter ficada super preocupado com a V ....tomara que agora eles façam rali rola kkkkk
    Momento safadeza kkkkkkkk
    Posta logo bjsss
    OBS: Você vai posta a fics nova hoje????

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oie *-*
      Obrg pelo comentario eu estava pensando em postar a nova fic hoje sim mas como so tem tres seguidores nao me sinto segura para fazer isso ainda!
      Beijos!

      Eliminar
  2. P-E-R-F-E-I-T-O
    Amei amei amei o capítulo.
    Quero ver a reação das pessoas ao ver o deus grego do Efron saindo do carro.
    Ui..ai ai....suspiros.
    Posta logo
    Bjos

    ResponderEliminar
  3. hmmmmm (maisde3ms vcentende)

    Maninha VOLTEI sentiu minha falta? kkkk' eu sei q nao

    mana cap ta mtoo bom *novidade ne .-. *

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu entendo sim mana kkkkk
      Você sempre faz falta no meio desses comentários aqui *-*
      E obrg pelo apoio *-*

      Eliminar
  4. o capitulo tá lindo...
    espero que tudo se resolva com a Vanessa e o Zac...
    posta na fic nova,please!!!!
    bjss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O post da fanfics nova é na quinta feira linda *-*
      Obrg por ter comentado!!

      Eliminar